Que quantidade de dinheiro posso transportar quando viajo entre países da UE?

0
31

Regras de transporte de dinheiro da UE

De acordo com a atual legislação da UE, a entrada e saída de qualquer país da UE para dentro ou fora da UE será terão de ser declaradas aos serviços aduaneiros se transportarem 10 000 euros ou mais em dinheiro.

Por exemplo, se estiver a viajar de França (ou de qualquer outro país da UE) para o Reino Unido e o montante em dinheiro que transporta atingir 10 000 euros, tem de o declarar quando sair da alfândega. A lei não proíbe o transporte de grandes quantidades de dinheiro para fora do país, mas apenas estipula que, se o montante atingir 10 000 euros ou mais, tem de o declarar.

Por outro lado, se viajar do Reino Unido para França (ou qualquer outro país da UE), terá de declarar todo o dinheiro que transportar num montante igual ou superior a 10 000 euros.

Nota: A lei refere-se a 10.000 euros ou ao equivalente em moeda de 10.000 euros.

As declarações de dinheiro líquido devem ser efectuadas num formulário oficial.

Quanto dinheiro posso transportar entre países da UE?

Não existe legislação comunitária direta sobre esta matéria. Não, cada país pode ter a sua própria legislação.

Por exemplo, a legislação espanhola estabelece que a saída de Espanha para outros países da UE, ou a entrada em Espanha a partir de outros países da UE, também exige uma declaração apenas se estiver a transportar até 10.000 euros. Se o limite não for ultrapassado, não é necessária qualquer declaração.

Por exemplo, se viajar de Espanha para a China através dos Países Baixos, deve ter em atenção o seguinte:

1) Se viajar de Espanha para os Países Baixos, tem de declarar se sai do país com 10 000 euros em dinheiro. É igualmente necessário verificar a legislação neerlandesa para saber quanto dinheiro líquido se pode trazer para os Países Baixos.

2) Se voar dos Países Baixos para a China, uma vez que está a sair da UE, também terá de declarar dinheiro líquido até 10 000 euros.

3) Inversamente, se voar da China para os Países Baixos e depois regressar a Espanha, deve ter em conta que, ao entrar nos Países Baixos (UE) com 10 000 euros em dinheiro, terá de ser declarado. Tenha também em atenção a legislação neerlandesa sobre a quantidade de dinheiro que pode transportar quando sai dos Países Baixos para Espanha. Por último, deve também verificar o montante de dinheiro líquido que pode trazer para Espanha (ainda que tenha de declarar mais de 10 000 euros).

Em resumo, há duas leis nacionais a ter em conta quando se anda com dinheiro vivo antes de entrar num país da UE. A primeira é a quantidade de dinheiro que pode transportar ao sair do país de partida, enquanto a segunda é a quantidade de dinheiro que pode transportar no país de entrada.

Sobre este ponto, sabemos que a norma legal espanhola é a mesma que a norma da UE, que consiste em declarar dinheiro líquido a partir de 10 000 dólares. Quanto às leis de outros países, terá de as verificar separadamente. Em todo o caso, embora não possamos ter a certeza absoluta, pensamos que os outros países da UE também seguem a mesma norma que a Espanha, ou seja, só é necessário declarar se tiver consigo 10 000 euros ou mais.

É também de salientar que não existem controlos aduaneiros ou fronteiriços quando se viaja dentro da UE. Por conseguinte, a deslocação entre países não é diferente da deslocação dentro do mesmo país.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here