Quem é obrigado a apresentar a declaração de imposto sobre a fortuna

0
80

Imposto sobre o património

O imposto sobre a riqueza (também conhecido como imposto sobre a propriedade ou imposto sobre os ricos), como o nome indica, é um imposto que se tem de pagar quando os activos de uma pessoa atingem um determinado montante.

Quando é que tenho de apresentar uma declaração de imposto sobre o património em Espanha?

Há duas situações em que é necessário apresentar uma declaração de imposto sobre os activos em Espanha:

  1. Residente fiscal em Espanha.

Uma pessoa é residente fiscal se residir em Espanha durante mais de 183 dias por ano. A Lei do Imposto sobre o Património prevê que, se um residente fiscal espanhol possuir um determinado montante de bens a nível mundial, terá de pagar o imposto sobre o património em Espanha.

Por outras palavras, se for um residente fiscal espanhol, depende do seu património mundial. património, independentemente do país em que se encontrem independentemente de ter ou não de pagar imposto sobre eles em Espanha.

Artigo relacionado: Critérios para que as pessoas singulares sejam consideradas residentes fiscais

2. Não residentes em Espanha

A Lei do Imposto sobre o Património prevê que, se não for residente fiscal em Espanha, mas possuir bens em Espanha até um determinado montante (não são contabilizados outros países), também está sujeito ao imposto sobre o património em Espanha.

Como já foi referido, o imposto sobre o património destina-se apenas aos grupos cujo património atinge um determinado nível. Atualmente, o desagravamento fiscal por defeito (isenção) em Espanha é de 700.000 euros. Ou seja, os activos totais atingem 700.000 euros antes de serem sujeitos a imposto.

Nota: As autoridades regionais têm determinadas competências em matéria de imposto sobre os activos, pelo que o ponto de partida pode variar de região para região. Por exemplo, em Catalunha e Valência, a redução fiscal é de 500 000 euros.

Exclusão fiscal

A lei relativa ao imposto sobre a fortuna prevê uma série de activos que podem ser excluídos da base tributável:

-Propriedade que está incluída na lista de património cultural de Espanha ou das Comunidades Autónomas. Por exemplo, alguns quadros de Picasso, apesar do seu valor, não são tributados.

-Para a casa de residência habitual, o montante máximo de dedução é de 300 000 euros.

Exemplo 1: Vivo em Valência (onde a redução fiscal é de 500 000 euros) e tenho uma casa de família no valor de 250 000 euros e um depósito de 300 000 euros. Como a casa de morada de família não ultrapassa os 300 000 euros, não é tributável. Quanto aos 300.000 euros em poupanças, que também não atingem o limiar de 500.000 euros, também não são tributáveis.

Exemplo 2: Vivo na Andaluzia (onde a dedução fiscal é de 700.000 euros) e tenho uma casa de família de 400.000 euros mais um depósito de 350.000 euros. O valor da casa só é calculado para o excesso de 300.000 euros, ou seja, 100.000 euros, mais o depósito de 350.000 euros, perfazendo um total de 450.000 euros, pelo que não é tributável.

-Imóveis objeto de investimento atividade económica ou produção económica e essa atividade económica é utilizada como rendimento principal de uma pessoa. Por exemplo, se eu tiver um estabelecimento comercial no valor de 150 000 euros que utilizo para gerir uma loja e o rendimento dessa atividade for o meu rendimento principal, nesse caso, essa loja não está sujeita ao imposto predial.

Pelo contrário, se eu tiver um estabelecimento comercial que não utilizo, mas que apenas uso para cobrar rendas, nesse caso o valor da loja será calculado na base tributável do imposto predial.

Artigo relacionado:

Obrigação de apresentar uma declaração de impostos

É obrigado a apresentar uma declaração de imposto sobre a fortuna se se encontrar em qualquer um destes casos:

A sua dívida fiscal, determinada de acordo com as normas regulamentares deste imposto, e após aplicação das deduções ou abatimentos aplicáveis, é positiva.

Quando, não se verificando a circunstância anterior (mesmo não necessitando de pagar imposto), o valor dos seus bens ou direitos for superior a 2.000.000 euros.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here